Bom, antes de me apresentar, tenho algumas observações aos leitores deste blog. Primeira: No momento, tô num pc que não tem crase, portanto, se virem qualquer absurdo gramatical desse tipo, me perdoe. Se não for desse tipo, me perdoe do mesmo jeito. Segunda: nunca tive, e nem fiz parte de um blog antes, tanto que estou postando agora e, ao mesmo tempo, pedindo a ajuda do Sr. O'gara Finegan, por isso me perdoem também por alguma(me perdoem a palavra) cagada que eu possa cometer, que seja óbvia para bloggers veteranos.

Quero, enfim, antes de falar sobre esse filme aqui em baixo, me apresentar rapidamente. Meu nome é Pedro, tenho 20 anos, faço faculdade de Economia na PUC-SP, junto com dois outros bloggers deste mesmo blog. Peço que, qualquer crítica, por mais aterrorizante que seja, seja feita, por favor. Lembrem: CRITIQUEM!


As Invasões Bárbaras, é um filme de 2003, recente, mas pouco conhecido. Dirigido pelo canadense Denys Arcand, que dirigiu também "O Declínio do Império Americano". O filme ganhou o Oscar de língua estrangeira e também concorreu a roteiro original, ganhou mais dois prêmios em Cannes, em 2004, o premio European Film Awards e muitos outros. Mas meu objetivo aqui não é cativá-los falando dos prêmios, mas que vocês simplesmente assistam a ele. O mais cativante, e que nos rouba a atenção são os diálogos, que é a grande especialidade desse diretor. E o que nos desmantela, principalmente, é o fato de estarmos lidando, ou parecer que estamos, com o real.



O filme tem persongens muito característicos, como o principal, Remy. Totalmente humano, mulherengo, de esquerda, e sem a MÍNIMA moral. A estória gira em torno deste, que está a beira da morte, diagnosticado com câncer. Seu filho, Sebastien, tem assuntos pendentes com o pai, dos quais não tratam há anos. E também sua esposa, e muitos outros de muita personalidade e muito marcantes.

Em suma, é um filme que mostra um ser humano como qualquer um de nós, a beira da morte, com enormes dificuldades e barreiras para acertar se passado, e que procura, mais do que qualquer coisa, a paz nos seus últimos instantes. E para isso, terá a ajuda de seu filho distante, sua mulher, e seus queridos amigos. Eis um filme de muita delicadeza. Aproveitem!

Ah, não se esqueçam... críticas, por favor. Grato.

7 comentários:

Nossa! Que bela maneira de se introduzir :) realmente nunca tinha ouvido flar desse filme, infelizmente pq hj em dia soh s sabe dos filmes "blockbusters". tenho que assistir. Parabens pelo primeiro post meu amor :) eu te amo !

caramba que lembrança, esse filme fez tanta gente pensar sobre tanta coisa.. todo mundo fica achando que o sistema público de saúde só funciona estranho aqui.. e tbm tem o assunto das dores (morfina pode, mas heroína não) e a maneira como ele olha pra morte abre os olhos da menina paara a vida.. q barato, mandou bem

adoro aquele poema do final do filme, sobre a amizade.. me faz lembrar o filme quatro casamentos e um funeral, onde o cara morre e é lido um poema do Auden.. Mas o poema mais lindo do Auden n é aquele, pra mim, é lullaby.
E Pedro, se posso lhe dar um conselho: seja simples, pra q se desculpar tanto? pode soar pretencioso.. palavra eh que enm peixe: a gente come o q é bom e joga o que n serve no lixo.. adorei te ler aqui, volte sempre q a casa eh nossa

Belo Post novo integrante! acompanho o blog de vocês faz um tempo, bem interessante... Você tem o site pra baixar esse filme ?

Anônimo, primeiramente, muito obrigado!

Olha só, tente este site: www.isohunt.com

Mas tome cuidado, selecione bem o filme que irá escolher... é um site completo. Separe por seeds, e comentários. Espero que você consiga!
Novamente, muito grato!

Ricardo

Eu já vi filmes melhores, mas esse é um dos q eu gostaria de ver d nvo. Abraços

Então Pedro, ainda não vi o filme, vi algumas críticas na internet, e vi o trailler, a priori, parece ser bastante interessante, um filme mais humano do que os que eu posto aqui, deve ser bom pra assistir com a namorada. By the way, ótimo post! continue assim! abraços

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive