Horse and I

Got woken in the night,
by a mystic golden light.
My head soaked in river water.
I had been dressed in a coat of armor. They called a horse out of the woodland.
"Take her there, through the desert shores."
They sang to me, "This is yours to wear. You're the chosen one, there's no turning back now."

The smell of redwood giants.
The banquet for the shadows.
Horse and I, we're dancers in the dark.
Came upon the headdress.

It was gilded, dark and golden.
The children sang.
I was so afraid I took it to my head and prayed.
They sang to me, "This is yours to wear. You're the chosen one, there's no turning back."
They sang to me, "This is yours to wear. You're the chosen one, there's no turning back."

There is no turning back.
There is no turn.
There is no turning back.
There is no turn.
There is no turning back.
There is no turn

OSCAR 2010

Nosso James Cameron vai chupar o dedo hoje de noite por ter perdido o oscar de melhor filme para sua ex-mulher Kathryn Bigelow na direção com o GUERRA AO TERROR além Melhor Filme ganhou tambem prêmio de Roteiro Original, Melhor Edição de som, Melhor Som e Melhor Montagem. Bom não vi o filme ainda, mas vale conferir não é mesmo?
GUERRA AO TERROR


Não chore Cameron, AVATAR ficou com prêmio de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotográfia e Efeitos visuais.



Vamos aos demais resultados:
Christoph Walts ganha como melhor Ator Coadjuvante na mais nova obra prima de Tarantino 
 BASTARDOS INGLÓRIOS



UP NAS ALTURAS 
ganha como melhor animação e trilha sonora original




CORAÇÃO LOUCO melhor canção original

do mesmo filme ganha prêmio de Melhor Ator Jeff Bridges;


O filme PRECIOSA leva prêmio como roteiro adaptado e melhor Atriz Coadjuvante (Mo'nique).


Ganha com melhor figurino
THE YOUNG VITÓRIA



SEGREDO DOS SEUS OLHOS Melhor filme estrangeiro


Melhor Atriz, Sandra Bullock no filme UM SONHO POSSÍVEL




A cada ano, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood deixa de fora dos prêmios Oscar trabalhos brilhantes se na categoria de Melhor Filme os acadêmicos decidiram ampliar a lista de indicados para dez títulos, no restante o número de concorrentes continua sendo cinco. Como sempre, a entidade "esquece" de alguns dos mais merecedores de receber este reconhecimento por seu trabalho. É o caso de Emily Blunt, por The Young Victoria e Mélanie Laurent, a descoberta francesa de Tarantino em Bastardos Inglórios, são outros dos nomes que poderiam figurar na lista de indicados.
Fora das categorias que premiam atores, há outras ausências notórias, começando pela de Clint Eastwood e seu estupendo Invictus. Só os intérpretes do filme receberam indicações.
Assim como aconteceu no ano passado, com a ausência de Gran Torino, Eastwood voltou a ser ignorado por uma Academia que o agraciou com o Oscar de Melhor Diretor por Os Imperdoáveis (1992) e Menina de Ouro (2004), mas que não parece gostar dos filmes em que conta histórias mais pessoais.

E, provavelmente, a visão pessoal, sem concessões ao comercial, de um conto infantil, é o que afastou Spike Jonze de qualquer chance de concorrer a um Oscar, apesar de seu Onde Vivem os Monstros ser uma das joias da produção cinematográfica desta temporada.
ONDE VIVEM OS MONSTROS

A adaptação do clássico conto de Maurice Sendak para a telona era, em princípio, um trabalho impossível. Apenas um punhado de frases que contavam a história de uma criança que foge de sua casa e se transforma no rei de uma ilha de monstros. O resultado é um trabalho brilhante de Jonze e do roteirista Dave Eggers.

Onde os Monstros Vivem também poderia ser candidato a Melhor Filme ou ao prêmio de Melhor Direção, categoria na qual há outra grande ausência: a dinamarquesa Lone Scherfig por Educação, um filme que acumula vários esquecimentos por parte de Hollywood.

A história de uma adolescente inglesa que é seduzida por um homem muito mais velho é candidata a Melhor Filme, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Atriz (Carey Mulligan), mas sua diretora sequer está entre os indicados a Melhor Direção, nem Alfred Molina ou Peter Sarsgaard concorrem a estatuetas por suas atuações;

Nessa mesma situação de ausências previsíveis está a dos diretores da animação Up - Altas Aventuras, Pete Doctor e Bob Peterson.
Ir além e indicar um dos responsáveis por essas obras-primas ao prêmio de Melhor Direção parece algo ainda longe da realidade do Oscar.

Bom acho que é isso! Ficam as dicas. E vale a pena conferir tambem os ganhadores do Globo de Ouro, Bafta e Cannes! Que de fato são prêmios mais conceituados no meio do cinema mesmo não tendo o Glamour do Oscar.

ciao

Bom, eu amo cerveja, mas confesso que sou um nerdsexual hahah

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive