''A maioria dos dias são sempre a mesma coisa. Nada muda, parece que nunca nada mudará.
O passado nunca vai voltar a ser como era, o futuro é incerto, coisas boas acontecem, coisas ruins são mais frequentes, o stress é algo que virou rotina dos meus dias. As pessoas que você conheceu passam a ser mais íntimas, perdeu a graça. A desgraça, a irritabilidade de todos os outros seres continuam.
A todo momento, nós precisamos provar quem somos, o homem precisa pisar sobre outros pra que seja feita a felicidade ? não, isso não convém...
Imagine o mundo como seria se não existisse egoísmo ? talvez eu consegueria deixar de ser solitário e viver no mundo, numa sociedade melhor...
Tudo me irrita, até mesmo você que está lendo essa merda.
Aqueles malditos dias, que você não vê bolhas no céu como dizia John Lennon, não tem o ouvido absoluto de escutar a musicalidade de Vivaldi, aqueles malditos dias que todos te irritam. Odeia tudo que você fez, que você vai fazer, e os felizes... Inveja...
Sim, seria mal humor ? ou seria mais um dia comum?
Garotas bonitas no metrô são nada mais que algo impossibilitado de prazer divino. e foda-se que eu escrevo mal, não tenho que provar nada pra ninguém, apenas foda-se.''


Quarteto simples de rock indie, de Manchester...
típica banda trilha sonora...

download aqui

Concerteza estranho, prefiro a versão com violino, viola etc...
Porém, tenho que admitir que esse garoto toca muito:



lembram do filme mestres dos mares ? então, aqui vai a música:


versão violão:

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive