Lembram da banda The Knife ? que tocava aquela música bem estranha, mas que por algum tempo virou "hit" no cenário Indie, chamada Heartbeats ? se você não se lembra, ajudarei a lembrar:


Lembrou ? se você não conhecia, agora conheceu. Gostou ? Não? tanto faz também, o que venho apresentar hoje é o projeto solo da vocalista dessa banda.

Fever Ray apresenta um som bem diferente do The knife (E mais estranho ainda), apesar do som diferenciado do The Knife, Fever Ray vem inovando o cenário musical, tanto nos videoclipe, quanto no figurino. Depois de ter apresentado um clipe que pode ser visto em "3D", e que por sua vez tem um som similiar com "Bat for Lashes", Fever Ray vem sendo reconhecido por fãs de música estranha(como eu). Alguns estão rotulando de "Avant-guard", mas não vou definir esse som sendo Avant-Guard, ou sei lá o que seja. Fever Ray apresenta uso de vários instrumentos, uma voz estranha e clipes legais, mas com letras excêntricas e poéticas. Músicas nostálgicas que dão um certo "medo".

Confira:



Esse é macabro:

Depois de Burke and Hare ter dado uma aliviada no blog, chega em minhas mãos "A Serbian Film", uns dos roteiros mais pesado que eu já vi.
Na minha terça-feira sem fazer nada, decidi assistir dois filmes, o primeiro "A Órfã", um filme também meio pertubador, mas daqueles que você consegue ver até o final e até pode achar legal.
Logo após "A Órfã", tomei um refrigerante, li um livro e comecei a ver "A Serbian Film". Ok.. até aí tudo bem, primeiros minutos do filme cenas legais.. até que.. hã... não vou colocar a sinopse do filme, nem comentar do que se trata, mas é tão pertubador que se eu escrevesse a sinopse sobre esse filme, ninguém gostaria de ver.

Na verdade, vou colocar o trailer, vai ficar à critério de quem quer ficar pertubado ou prefere assistir algo mais leve como "Eraserhead".(É, qualquer filme, exceto "August underground Mondum" ou"Begotten" é menos pertubante que esse.)

Acredito que se esse filme não é o limite do cinema, então não sei qual será o limite. O filme é extremamente imoral, anti-ético, pertubante, depravado, "annoying", assustador e outros adjetivos inexistentes.

Eu não sei se vou conseguir dormir depois de ter visto esse filme, acabei de ver e estou chocado...é meio atentador não ver, mas ao mesmo tempo queria não ter visto.

"If this film didn't fuck you up, then you were already fucked." Realmente, se você não se abalar com esse filme.. bom, você vai se abalar.





Pertubação = 9.5



Para aliviar um pouco a tensão do filme anterior (Begotten), apresento-lhes Burke e Hare. Uma daquelas comédias boas e inteligentes com o toque da comédia inglesa.

O filme de John Landis, apresenta como atores: Simon Pegg, Andy Serkis, Isla Fisher.

Baseado em uma história real, porém com algumas modificações que deixaram o filme mais cômico, "Burke and Hare" é um filme pra dar boas risadas, seja com sua namorada, seja com seus amigos, seja sozinho.

Nesse filme, temos em destaque algumas cenas engraçadas com o Simon Pegg, um excelente cenário escocês, figurino interessante e ótima trilha sonora. (Apesar do IMDB ter registrado como um filme nota 6)

Sinopse:Baseado numa história verdadeira. Burke e Hare vivem na Escócia no século XIX, sem dinheiro pra sobreviver, descobrem que vender cadáveres para médicos pode levar a grandes quantidades de lucro, não importando o metódo do qual irão realizar para obter os cadáveres



Trailer:

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive