“O ser em-si será mesmo um nada? o para-si está em eterna constituição, mas será que no fundo o ser-em-si, acoplado de tantos outros para-si, será um nada? Temporal o é, e recaí sempre na morte. O que vale de ser algo se esse algo é outro? a entidade é um outro e o outro um outro e por aí vai.A corda vibra, o desejo anseia, o vazio grita, o pensamento toca, o tato é sentido como flores imaginárias de algum lugar no infinito. Ò homem… cheio de sofrimento, desejo, felicidade, boêmia por toda história, grite e vibre! chega de ser um nada! corra, viva, deleite a vida, saiba aproveitar as entrelinhas! Sofra e revolucione! experimente o dionísio e o apolíneo. Os melhores pensamentos nos fogem, as ideias nos vem, mas as frases que as completam não. Instável nós somos, mas quem sabe isso não seja a nossa dádiva? “

F.M.Ogata - Lobo Larsen

1 comentários:

Curto bastante esses aforismas do blog .


Abraço

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive