"Até que ponto somos enganados e conseguimos nos enganar, até que ponto estamos errados? Ora, estar errado assume uma série de complicações e dilemas que cortam desde o conceito de estar errado, até as ações de uma vida. O conceito envolve componentes, dos quais esses envolvem outros e assim por diante. Uma história a percorrer, um paradigma a solucionar, um experimento a passar, e ainda sim, chegamos ao dilema: Estamos errados ? O que é estar errado? Errado e certo são valores que dificilmente são avaliados por uma racionalidade lógica, talvez o critério de avaliação deveria ser a vida, como diria o próprio Nietzsche. Animais somos por vezes, não temos um bom senso, mas o bom senso e o senso comum são coisas diferentes e o errado e o correto as vezes se cruzam, se acoplam, tornam-se únicos. Uma atitude errada que na verdade leva-nos a história correta de vida. Grande dilema e que poucos pensam. O importante não é conhecer muito, mas pensar muito, como diria o velho Demócrito. As vezes, o pensar não adianta nada se não for digno de uma ação. Uma ação que pode mudar toda uma vida e uma outra multiplicidade de pensamentos, o que vale é o navegar, o levante navegar."

F.Ogata - Lobo Larsen

@ogataogara

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive