Filme extremamente bizarro... até estou sem palavras pra falar desse filme e digo que não é o tipo que custumo postar no blog, mas a questão é que um filme que você concerteza nunca mais vai esquecer, de tão pertubador que é. Mas antes da minha análise, vamos a Sinopse.
"Deus está abandonado sozinho, e se mata estripando-se com uma navalha. A Mãe-Natureza emerge de sua morte, e com o sêmem do moribundo Deus fertiliza-se, dando origem à Humanidade, uma criança doente e fraca, que em toda sua existência é surrada e torturada por zumbis sem face."
Sim, nada com nada, sem ideias morais, sem filosofia, sem fotografias legais, nada. Sem nomes no filme, sem personagens, sem nada.Nem posso considerar um filme de terror, eu consideraria um filme experimental.

Gostam de "Eraserhead"? Ficaram pertubados ? pois é, esse filme é muito mais que Eraserhead, ou Pink Flamingos, nada mais bizarro e sei lá qual seja o adjetivo. Eu juro que eu não sou muito chegado em filmes desse genêro, mas esse filme ganha de qualquer um que eu já vi, nada igual. Extremamente bizarro. Meu conselho é que se você ama cinema, você deve no mínimo ver uma parte do filme, pois é experimental e inovador, mas se você só quer ver filmes "bons", então não veja o filme nem veja o Trailer.
O filme também conta com "teste de Rorschach", um teste psicológico que conta com um metódo de auto-expressão, um teste projetivo que é por vezes mostrado no filme de forma subliminar.
Em resumo, filme extremamente tenso, de Elias Merhige.

1 comentários:

O´GARA, realmente muito bizarro, mal consegui ver o trailer. Acho que não entra na classificação, "ver com a namorada" he he. De qualquer forma, muito legal a iniciativa dessa postagem digamos incomum

About this blog

Blog formado por estudantes abordando temas culturais como cinema, filosofia, música, tecnologia, arte, etc.

Labels

Que tipo de posts mais te interessa ?

Que tipo de filme você mais gosta ?

Search

Blog archive

Google+ Badge

Popular Posts

Ocorreu um erro neste gadget

Blog Archive